quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

1969: um ano inspirador para novo filme de Quentin Tarantino



Em um passado não muito distante Quentin Tarantino publicou o interesse em fazer uma continuação do filme Bastardos Inglórios (2009), o qual ele foi diretor. Só que começou a circular em meados de novembro/dezembro a notícia que os planos dele são outros. Tarantino já tem uma história para o seu novo filme, inicialmente sob o título de 1969 – oficialmente previsto para sair em 2019, alguns sites divulgaram rumores que o lançamento seria para o próximo ano, 2018. 

O roteiro estará focado em um ator de TV que ficou muito famoso e agora busca atuar no cinema, e como fonte inspiradora terá os famosos casos de assassinatos de Charles Manson (falecido recentemente). Porém a trama não será focada apenas em Charles e sim nos acontecimentos que se passaram no ano de 1969. O que aconteceu de marcante naquela época? O revolucionário e caótico festival Woodstock, a missão Apolo 11, a estreia do advogado e político Richard Nixon na Casa Branca como Presidente dos EUA. Apesar de nada confirmado oficialmente, estes serão os temas a serem abordados no trabalho.

Sobre datas, elenco e roteiro ainda não há nada divulgado. O diretor norte-americano após dois filmes com temática wests (Django Livre -2015 e Os Oitos – 2012 Odiados) volta à cena com um longa voltado para diferentes acontecimentos em um mesmo período. Confesso que a notícia me pegou um pouco de surpresa, pois, estava no aguardo do novo ‘Bastardos Inglórios’.